Saiba como fazer o descarte de resíduos industriais

Resíduos IndustriaisSabia que se a separação do lixo a ser reciclado não for bem feita, todo o material pode ser perdido? O correto descarte do lixo colabora para a reciclagem e reaproveitamento de materiais e ainda evita prejuízos econômicos. Afinal, anualmente, cerca de R$ 8 bilhões são perdidos por causa de descarte inapropriado dos resíduos.

Isso inclui não apenas lixo doméstico, mas o lixo industrial, que pode ser extremamente prejudicial aos seres humanos e ao meio ambiente, causando contaminações graves e disseminando doenças. Isso porque eles contêm metais pesados e liberam gases tóxicos na natureza, contaminando o ar e a água.

Qual é o correto descarte para resíduos industriais?

Os resíduos industriais podem ser líquidos ou sólidos e devem ser separados e categorizados antes de serem destinados aos centros de reciclagem, onde serão neutralizados.

ReciclagemÉ de responsabilidade da empresa fabricante desse material destiná-lo a um centro de reciclagem capaz de neutralizá-lo.

Todos os meses, o lixo deve ir embalado e etiquetado, indicando a composição, o grau de periculosidade e a quantidade, para evitar contaminação e ajudar na manipulação feita pelos funcionários dos centros de reciclagem.

Dessa forma, é possível diminuir a quantidade de lixo exposta em lixões e aterros, melhorando a qualidade de vida das pessoas que vivem próximas a eles e da população em geral. Se cada um fizer a sua parte, aos poucos, é possível recuperar a natureza de todos os danos causados a ela.

Fiscalize

Se você souber de empresas que não fazem o correto descarte de lixo ambiental, denuncie à Prefeitura de sua cidade. Cabe aos cidadãos não apenas a reciclagem e separação do lixo doméstico, mas a fiscalização das indústrias.

Desentupidora Sampex: Fone (11) 5669-3000.

Responsabilidade ambiental e as mudanças climáticas

ReciclagemRespeitar o meio ambiente é muito mais do que apenas discursar ou compartilhar ações do bem nas redes sociais. A responsabilidade social é alcançada com diversas atitudes que tomamos ao longo da vida. Trata-se de dar o exemplo aos mais novos, ensiná-los a respeitar os animais, as pessoas e o meio em que vivem.

É não jogar lixo no chão, ainda que sua casa não esteja localizada em locais que sofrem com enchentes. É alimentar um animal abandonado, ainda que seja só por um dia. É comprar produtos de empresas ambientalmente sustentáveis, ainda que sejam um pouco mais caros…

Essas e outras ações nos tornam pessoas melhores e nos ajudam a passar conceitos para outras pessoas. Afinal, de nada adianta ter um discurso e fazer exatamente o contrário. Para ensinar, é preciso dar o exemplo.

São notáveis as mudanças climáticas que o mundo vêm sofrendo ao longo dos anos. No Brasil, por exemplo, são poucos os estados com estações do ano bem definidas. Primavera, verão, outono e inverno já se mesclam em uma só estação, com chuvas em excesso, que acarretam em enchentes, ou calor em excesso, causando secas e mortes de pessoas e animais.

PoluiçãoEm parte, essas mudanças foram causadas pela poluição do ar, vinda das indústrias e automóveis. Soma-se isso ao desmatamento e temos uma situação preocupante para todos os países ao redor do mundo.

Por isso, tratados são assinados em diversos países, como o Tratado do Clima de Copenhagen, organizado pelo Greenpeace, pela WWF e pela IndyACT (liga de ativistas e pesquisadores independentes de todo o mundo). Com acordos desse tipo, os países se comprometem a reduzir os poluentes e a emissão de gases prejudiciais à Camada de Ozônio, além de seguirem diversas metas sustentáveis.

Quanto se perde por não reciclar o lixo urbano no Brasil?

Reciclagem de lixo

A reciclagem traz grandes vantagens para o meio ambiente e para as pessoas, tanto no âmbito social, quanto econômico. O Brasil, por exemplo, poderia economizar cerca de R$ 8 bilhões ao ano caso reciclasse todos os resíduos possíveis, que são hoje encaminhados para lixões, segundo estudo do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada).

Confira a seguir mais exemplos de como país economizaria dinheiro e ainda preservaria recursos naturais com a reciclagem:

ReciclagemVolume de lixo

Você sabia que a prática da reciclagem diminui o volume de lixo jogado nos lixões em São Paulo? Além de aumentar a vida útil dos aterros, reciclar também diminui a quantidade de gases nocivos emitidos em nossa atmosfera.

Preservação de recursos naturais

A cada mil quilos de papel reciclado, 22 árvores deixam de ser cortadas. Graças a isso, nosso ar fica mais puro e nosso meio ambiente preservado! Além disso, economizamos água, já que a produção de reciclado utiliza de 50 a 200 vezes menos água do que na produção de papel novo. Com essa quantidade de água, conseguiríamos suprir as necessidades diárias de mil pessoas!

A cada mil quilos de alumínio reciclado, 5 mil quilos de bauxita são salvos da extração. Com isso, a energia elétrica utilizada no refinamento da bauxita também é economizada.

Impactos SociaisA reciclagem do plástico preserva fontes não-renováveis, como o petróleo, além da redução do consumo de energia elétrica utilizada no processo de produção deste material.

Benefício Social

A reciclagem, além de deixar a cidade mais limpa, preservar o meio ambiente e trazer benefícios para a economia do país, gera empregos para a população. A média é que a cada mil toneladas de lixo reciclado, cinco empregos são gerados.

O que é controle biológico?

O que é controle biológico?

Controle e AcompanhamentoTodas as espécies de plantas e animais possuem inimigos naturais, também chamados de predadores, que podem ser insetos, aves, vírus, fungos, mamíferos, bactérias, répteis, anfíbios, entre outros.

Tendo isso em mente, surge o conceito de controle biológico, ou seja, o uso natural ou aplicado desses predadores para controlar espécies e populações de animais ou pragas. O controle biológico natural não tem a intervenção do homem e acontece na natureza, no dia a dia.

Já o controle biológico aplicado tem a intervenção do homem, com o intuito de proteger um cultivo agrícola de pragas ou outro. Ou seja, é a introdução de uma espécie predadora da praga que destrói as plantações, como inseto, erva daninha ou doenças e fungos.

Exemplo de controle biológico

Apenas para seu melhor entendimento, imagine a seguinte situação: gafanhotos comem folhas, para controlar uma população descontrolada destes animais, é possível inserir corujas ou aranhas, seus predadores naturais.

Cuidados a serem tomados

Cuidados no Controle BiológicoAntes de ser aplicado o controle biológico de espécies, é preciso que seja feito também um estudo nas populações que frequentam o local, para que a introdução de uma nova espécie não cause um desequilíbrio ou exterminação total da espécie.

Se pegarmos o exemplo acima, dos gafanhotos, notaremos que corujas e aranhas também comem outros animais. As corujas comem ratos e pequenos mamíferos e aves. Logo, se forem inseridas descontroladamente, poderá haver uma mudança também na população de ratos e outras aves. Isso afetará outras espécies que são controladas por esses animais, ou seja, causará todo um desequilíbrio no meio ambiente.

Dessa forma, o controle populacional das espécies deve ser feito com cautela, por equipes especializadas, com bastante estudo prévio.

Principais tipos de impactos ambientais que ocorrem no Brasil?

Principais impactos ambientais que ocorrem no Brasil

Cuidar do meio ambiente é obrigação de todo cidadão. Muitas vezes, o ato de cuidar está em fiscalizar e/ou denunciar abusos contra o meio ambiente às autoridades competentes, a fim de evitar prejuízos ambientais que podem ser graves e afetar o ecossistema e os seres humanos.

Problemas ambientais brasileiros

DesmatamentoNo Brasil, desde a colonização, temos registros de problemas ambientais, como o desmatamento da mata atlântica, próxima ao litoral, onde 90% da área original já foi derrubada. Somado a isso e não menos importante, a Amazônia também é um local rico em beleza, fauna e flora ricas, que também é constantemente devastada pelo ser humano.

A destruição e modificação dos mangues e dunas também contribuíram para a degradação do meio ambiente. Junto com essa mudança ambiental, temos a construção de portos, casas, hotéis, extração de sal e de minérios.

Mas não foi só o litoral que sofreu problemas ambientais. O cerrado e o sertão nordestino também foram gravemente prejudicados, causando impactos ambientais gravíssimos, como a seca e a migração de animais.

IndustriaA poluição de rios e mares também são impactos ambientais causados pela ação do homem no planeta. Elas acontecem pela falta de tratamento do lixo e saneamento básico em algumas regiões bastante povoadas.

Já a poluição do ar é causada por grandes indústrias, que não se preocupam em diminuir a produção de gases nocivos à natureza, mais a frota imensa de veículos que circula no Brasil.

Acordos recentes prometem reduzir índices de poluição, enquanto leis tentam obrigar indústrias a terem sistemas de tratamento de ar e de esgoto.

O maior desastre ambiental – Mariana

Tragédia de Mariana - O maior desastre ambiental do brasilAlguns especialistas já consideram a ruptura das barragens da empresa Samarco em Mariana – MG no começo de novembro de 2015 como o maior desastre ambiental ocorrido no Brasil. Realmente as cenas que foram divulgadas são chocantes. Uma verdadeira onda gigante de lama e resíduos de mineração devastaram um vilarejo e literalmente matou o Rio Doce – a lama agora presente na calha do rio não permite que o oxigênio penetre na água impedindo a respiração dos peixes e consequentemente a morte de toda a vida que havia naquele rio.

Como modificar a situação?

A educação é o primeiro passo para conscientizar a população de que a situação está se agravando a cada dia que passa. Pensando nisso, algumas escolas incluem em seu sistema de ensino aulas que falam sobre o meio ambiente. O governo também divulga, periodicamente, campanhas educativas, para a população, afinal, se cada um fizer a sua parte, o mundo pode se tornar um lugar melhor para vivermos.

Como preservar o meio ambiente no seu trabalho?

Como preservar o meio ambiente no seu trabalho?

empresas sustentáveisAs empresas sustentavelmente responsáveis são vistas com bons olhos pelo consumidor. Isso faz com que ela se preocupe, cada vez mais, em contribuir com o meio ambiente, preservar e reaproveitar recursos.

Empresas de todos os portes conseguem fazer a sua parte. As ações tomadas dependerão da estrutura que a empresa fornece aos funcionários. Esses também podem ajudar bastante. Quer saber como?

Confira quais são as atitudes que dependem de você no seu ambiente de trabalho e que contribuem para a preservação do meio ambiente:

  • Não deixe a torneira aberta enquanto escova os dentes;
  • Se for o último a ir embora, desligue as luzes da sala;
  • Sempre que possível, evite ligar o ar condicionado. Em dias de temperaturas mais amenas, abra a janela;
  • Separe os materiais que não são mais utilizados e podem ser reciclados. Por exemplo, papéis e plásticos;
  • Evite o desperdício de papel, sempre que possível mantenha arquivos virtuais;
  • Faça rodízio de carro com os seus colegas. Assim, é possível ir de carona, evitando que vários veículos poluam o ambiente, além de economizar no combustível.

O que a empresa pode fazer para ajudar?

coleta seletivaÉ dever da empresa a realização da coleta seletiva e incentivo dos funcionários na hora de separar o lixo;

As empresas devem substituir as lâmpadas comuns pelas econômicas;

Devem também ter janelas grandes instaladas, para melhor aproveitarem a luz solar;

Precisam ainda realizar campanhas de preservação ambiental, mostrando que, com atitudes simples, o colaborador pode fazer toda a diferença no mundo.

Link para entrar em contato